Angola regista maior deterioração no índice de terrorismo

País quedou 48 lugares com a pontuação a agravar mais de dois mil pontos, afastando-se da zona sem impacto do terrorismo. Especialistas alertam para a situação da RDC que também se agravou.

Angola caiu 48 lugares no Índice de Terrorismo Global de 2024, apresentado pelo Instituto para a Economia e Paz (Institute for Economics and Peace IEP), saltando da 90ª para a 43ª posição, em um modelo de organização em que a posição 1 é ocupado pelo país com pior índice.

O país passou assim para a classificação de zona de baixo risco, depois de, no relatório de 2023, ter estado na zona de muito baixo risco e apenas a três lugares acima das zonas sem qualquer impacto. A pontuação de Angola também registou uma variação considerável, passando 158 para 2.254 pontos, o que é negativo visto que, quando maior for a pontuação, pior é a situação.

O Burkina Faso, por exemplo, é o país com maior impacto terrosrista, ocupando a primeira posição do ranking com 8.571 pontos, depois de no relatório passado ter ocupado a segunda posição com 8.564. Israel tem a segunda pior situação do mundo, ou seja ocupa a segunda posição do ranking com 8.143 pontos. Estes são, de resto, os dois únicos países a ocuparem a zona de muito alto impacto.

Angola, entretanto, “registou a maior deterioração na pontuação do GTI no região no ano passado, depois de experimentar o primeiro ataque desde 2018 e suas primeiras mortes relacionadas com terrorismo desde 2010. Três soldados e dois civis brasileiros foram mortos em um ataque armado a um veículo militar em maio de 2023. A Frente para o Enclave de Libertação de Cabinda assumiu a responsabilidade”, lê-se no relatório.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x