Afinal maka do Dji Tafinha com o pai é por causa da casa de Joaquim Sebastião

A casa que esteve no centro do conflito entre o músico Dji Tafinha e o seu pai afinal pertence ao antigo director do Instituto Nacional de Estradas (INEA), Joaquim Sebastião, arguido no processo de combate a corrupção, o mesmo foi namorado da irmã do Tafinha, já falecida, e terá registado a casa em nome dela, onde o pai vive contra vontade dos filhos.  

De acordo com Sakatindi aquele episódio só aconteceu porque na troca de palavras o pai do músico deu uma bofa ao filho, e o segurança teve de imobilizar o velho porque já encontrava-se embriagado e muito alterado, e quando o soltaram, na tentativa de pegar algo no carro, enquanto corria tropeçou nas escadas onde bateu com o queixo. Mas posto no hospital disse que foi agredido pelo filho, e o hospital acionaram às autoridades para intervenção e apuração dos factos.

“Foi tudo por causa da minha decisão e dos demais irmãos sobre a casa. Antes da minha irmã falecer, confessou-nos como obteve o imóvel, e disse, caso não entregassem ao Estado que ficasse com a irmã casula. Mas após a morte, a irmã casula não quis, e todos nós chegamos a conclusão de devolvemos ao Estado, lamentavelmente o nosso pai não foi de acordo”, explica Tafinha.

A casa que diz-se estar avaliada em 1 milhão de dólares está no Município do Talatona no Condomínio Atelier dos Sonhos, e está registada em nome de Zanaty de Carvalho, irmã de Dji Tafinha que morreu em 2021, e em vida foi uma das namoradas de Joaquim Sebastião. No entanto, a casa antes esteve em nome INEA.

What’s your Reaction?
+1
3
+1
3
+1
8
+1
0
+1
1
+1
2
5 1 vote
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x