Mais de 20 crianças abusadas sexualmente por familiares e vizinhos na última semana de 2023

Na semana de 25 a 31 de Dezembro de 2023, cerca de 22 crianças foram abusadas sexualmente por familiares e vizinhos em diversos pontos do País.

De acordo com o relatório semanal do Instituto Nacional da Criança (INAC) foram ainda registados 115 casos de fuga à paternidade, 37 de agressão física, 54 de exploração de trabalho infantil, e dez de negligência e abandono de crianças.

As queixas foram registadas nas províncias de Benguela, Luanda, Huila, Malanje, Lunda-Sul, Huambo, Bié, Bengo, Namibe, Cunene, Lunda-Norte, Zaire, Cabinda, Uíge e Cuando Cubango.

Na última semana de 2023, o INAC recebeu 313 denúncias de violência contra crianças, com a província de Luanda no topo da lista de casos, com um total de 65 ocorrências, seguida por Benguela, com 48 queixas.

No município de Cacuaco um homem foi detido por abusar sexualmente da sua filha de 14 anos. De acordo com a denúncia, trata-se de uma prática corrente. A vítima está a ser acompanhada pela área social do INAC.

No Bié, uma mãe está a ser acusada de ter queimado os membros superiores do filho de cinco anos, porque o menino terá comido alimentos “que não eram para ele”. A mulher foi detida após uma participação feita pelos populares.

No Cuando Cubango, uma menina de dois anos foi violada pelo avô, de 68, que se aproveitou da ausência da família em casa para a consumação do crime.

A instituição assegura que todos estes casos foram encaminhados para as autoridades locais. A direcção do INAC apela à população para, em casos de violência contra a criança, seja feita a denúncia para a linha 15-0-15.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x