General Miala vai ser ouvido no caso dos efectivos do SIC e do SINSE que assaltaram apartamento do major Lussati

O Tribunal de Comarca de Luanda (TCL) quer ouvir, em Fevereiro do próximo ano, o director geral do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE), general Fernando Garcia Miala, no seguimento do processo de instrução contraditória em que seis elementos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e um tenente-coronel do SINSE são arguidos pelo Ministério Público (MP), acusados de terem assaltado o apartamento de Pedro Lussati, em 2021, de onde, alegadamente, levaram malas cheias de dólares, processo em que Fernando Miala é citado pelos arguidos de ter apropriado de uma das malas contendo a quantia de 500 mil dólares.

Saiba Mais
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE