Prédios do KK 5.800 transferidos para Estado transformados em condomínio privado sem concurso público

Parte dos imóveis recebidos pelo Estado beneficiam de obras de conclusão em ritmo acelerado. Um bloco com um total de 600 apartamentos foi transformado em condomínio, em que cada apartamento custa pelo menos 47 milhões de kwanzas. Em outros blocos, 60 apartamentos e 75 vivendas estão em fase de conclusão e já têm donos.

É o segundo projecto habitacional em que o Estado não realiza concurso público depois dos ‘esquemas’ na urbanização Vida Pacífica.

Alguns dos 3.457 imóveis, entre apartamentos e vivendas, apreendidos pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e entregues ao Instituto Nacional de Habitação, passaram para a esfera privada sem qualquer concurso público, segundo constatou o Valor Económico. 

Passados quatro anos desde que passaram para o Estado os imóveis que estavam na posse dos generais ‘Kopelipa’ e Dino, cujos processos-crimes tramitam em tribunal, o Valor Económico efectuou visitas à centralidade KK 5.800 que actualmente está em quase estado de abandono, excluindo alguns blocos em que decorrem obras realizadas por empresas particulares numa velocidade de cruzeiro.

São no total quatro empresas que se encontram a reabilitar os prédios de pelo menos quatro blocos, nomeadamente a Amitafiur, a COHABIT (Cooperativa de Habitação e Crédito), a Enviroware e a ADS NSD Partners Group, sem a realização de qualquer concurso público.

 

What’s your Reaction?
+1
0
+1
2
+1
2
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x