Suposto assassino de Laurindo Viera recebeu feitiço para não ser encontrado falhou foi apanhado no Cuanza Norte

Chama-se José da Costa Pedro, também conhecido como Cabobo, tem 36 anos de idade, vive na zona do Piaget, em Luanda, no município de Viana. É tido como o condutor do jovem, que disparou contra o reitor da Universidade Gregório Semedo, dado como foragido.

Foi detido por volta das 8 horas, na província do Cuanza Norte, no município do Lucala, onde foi se esconder depois de receber feitiço no praça dos Kwanzas.

Levou a sua família, mulher e filho, alegando que iria visitar familiares. Antes de deixar Luanda, recorreu ao mercado dos Kwanzas, onde comprou raízes, com garantia de que não seria apanhado, desde que cumprisse com as orientações dada pela senhora que o vendeu o produto.

Confessa ser partícipe do crime, e que se terá beneficiado apenas do dinheiro do telemóvel do malogrado, que venderam por 68 mil kwanzas.

Indagado como lhe foi feito o convite para fazer parte do esquema, à semelhança dos já apresentados publicamente, Cabobo diz que foi contactado por Ivan, o arquitecto do esquema, que diz o ter conhecido na cadeia de Viana, onde juntos cumpriram pena.

Para trazer a Luanda este último elemento envolvido no crime contra Laurindo Vierira, foi preciso um forte aparato policial conjunto, envolvendo a polícia, e os efectivos da Direcção Nacional de Ilícitos Penais

What’s your Reaction?
+1
0
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x