Felipe ofereceu milhões pelo divórcio, mas rainha quis  muito mais

Os reis de Espanha atravessam uma grave crise no casamento. Os rumores de infidelidade da rainha com o ex-cunhado, Jaime del Burgo, acabaram por empurrar o casal para um novo e imenso conflito conjugal que poderá fazer perigar a união real. 

Esta crise faz recordar os problemas do passado quando Felipe e a mulher estiveram perto do divórcio. Foi em 2013, antes de vir a público o caso Nóos que envolveu o nome de Iñaki Urdangarin, marido da infanta Cristina e cunhado do rei, e os crimes que levaram à abdicação de Juan Carlos, pai de Felipe. 

Jaime del Burgo, o suposto ex-amante da rainha, veio agora revelar que Letizia lhe garantiu que não estava apaixonada por Felipe e que nunca esteve. Ao que parece, a ambição da ex-jornalista falou mais alto que o sentimento e que não deixou escapar a oportunidade que a vida lhe deu ao pôr-lhe à frente um príncipe herdeiro.

E terá sido essa ambição que fez Letizia a não aceitar a oferta milionária de Felipe em 2013. Para além de uma avultada indemnização de vários milhões, o rei propunha-se a pagar uma mesada à ex-mulher e passar para seu nome várias propriedades. Só que, segundo del Burgo, ela queria poder e status. Dinheiro já tinha.

Por isso, convenceu Felipe de que o melhor era dar uma segunda oportunidade ao casamento. Só assim conseguiria manter a coroa e continuar a ser rainha. O rei acedeu, mas sem suspeitar o que o esperava 10 anos mais tarde.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x