Médicos agastados com Elisa Gaspar exigem eleições na Ordem, ela “esconde-se” no Tribunal

Com mandato expirado desde 2021, a actual bastonária da Ordem dos Médicos de Angola, Elisa Gaspar, é acusada de se furtar à convocação de eleições. Esta, por sua vez, “esconde-se” com alegadas ordens judiciais. Ordem vive crise desde 2020, após um grupo de profissionais acusar a bastonária de “gestão danosa” e “desvio de dinheiro”.

Saiba Mais
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE