Comércio externo de Angola com uma queda de 22,23%

Trocas com países vizinhos representam cerca de 51% do global do comércio com todo o continente. Registaram um queda de 1% face aos 1,1 mil milhões de dólares de 2022.

As trocas comerciais entre Angola e os países da SADC, em 2023, estimaram-se em cerca de 1,115 mil milhões de dólares, menos 20 milhões ou 1%, em comparação aos 1,135 mil milhões de 2022.
Apesar da queda no valor, a quota do comércio entre Angola e os países mais próximos aumentou para 2,1% em comparação aos 1,7% de 2022.

A explicação para o aumento da quota, apesar da diminuição das trocas comerciais, encontra-se na queda global das trocas comerciais de Angola com uma variação de 22,23%, passando de 66,435 para 51,625 mil milhões de dólares.
Em relação às trocas com a região da SADC, a contribuição das importações para a queda foi ligeiramente superior face às exportações, fixando-se em cerca de 8,1% e 9,8%, respectivamente.

As vendas angolanas passaram de 547 para 505 milhões de dólares, enquanto as compras saíram de 630 para 568 milhões de dólares.
Com trocas avaliadas em 797 milhões de dólares, a África do Sul continua a ser o maior parceiro de Angola na região, apesar da queda de 6,6% ao passar de 854 para 797 milhões de dólares com as importações a caírem de 512 para 487 milhões de dólares e as exportações de 342 para 310 milhões de dólares.

Já as trocas com a República Democrática do Congo (RDC) recuaram 6,1%, depois de, em 2022, terminarem em cerca de 131 milhões de kwanzas. No entanto, as exportações angolanas para o segundo maior parceiro comercial aumentaram ligeiramente ao saírem de 119 para 120 milhões de kwanzas, ou seja, uma variação de 0,8%.

Na lista dos três maiores parceiros comerciais, apenas o saldo entre as importações e exportações, referente a 2023, superou os números de 2022 ao fixar-se em 112 milhões de dólares contra os 100 milhões do ano anterior.
Com um crescimento de 103%, as trocas comerciais com a Suazilândia terminaram na 4ª posição de entre as maiores com um saldo de 53 milhões de dólares. No entanto, a relação comercial entre os dois países ficou marcada por cenários totalmente diferentes dos do ano passado.

Depois de em 2022, as exportações angolanas terem sido praticamente zero, Suazilândia terminou 2023 como o 3º maior mercado de destino das exportações angolanas com 53 milhões de dólares.

Por seu turno, depois de em 2022, a Suazilândia terminar como o terceiro maior mercado de origem, com 26 milhões de dólares, em 2023 ocupou a última posição com mercadoria avaliada em cerca de um milhão de dólares.
O comércio com a região representa cerca de 51% das trocas globais com o continente africano que se fixaram em 2,186 mil milhões de dólares, um aumento de 26,2% em comparação com 1,731 milhões de dólares de 2022.

Por outro aldo, segundo dados da AGT, o comércio externo de Angola movimentou um total de 51,625 mil milhões de dólares, uma queda de 22,23% em comparação com os cerca de 66,435 mil milhões de dólares do ano anterior.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x