Funcionários matam patrão chinês e roubam 70 mil dólares e mais 3 milhões de kz

Um cidadão de nacionalidade chinesa, de 64 anos, foi agredido até à morte por dois funcionários, que após o homicídio, roubaram 70 mil dólares norte-americanos e três milhões de kwanzas que se encontravam no cofre existente no armazém onde tudo aconteceu, na cidade da China, município de Viana.

O porta-voz do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN), Nestor Goubel, disse que os três homicidas se encontram foragidos até ao momento e que se trata de dois trabalhadores do estabelecimento e um cúmplice (motorista que fazia serviço de táxi privado).

De acordo com as informações prestadas pelo genro da vítima à polícia, o crime ocorreu esta quarta-feira quando o chinês estava no armazém de fardos que se encontra na nave 3, do bloco 09, a confeccionar o almoço do dia.

Por volta das 11:00, após o genro notar que o sogro estava a demorar a preparar a refeição, o genro começou a ligar, mas a vítima não atendia o telemóvel. Foi nesse momento que se deslocou ao local e se deparou com o cadáver da vítima estendido no chão.

De seguida, verificou que os homens arrombaram o cofre que estava num dos compartimentos e roubaram de lá 70 mil dólares norte-americanos e três milhões de Kwanzas, tendo de imediato feito uma participação à polícia.

Os efectivos da polícia identificaram os dois funcionários por intermédio das câmaras de segurança instaladas no local, pois já algum tempo que estes trabalhadores sabiam da existência destes valores no cofre, explicou o porta-voz da PN-Luanda.

Nestor Goubel acrescentou que ” já conseguiram identificar o motorista de táxi privado que levou os homicidas até a um determinado local, que servirá de ponto de partida para localizá-los e detê-los”.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
0 0 votes
Classificação da Postagem
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Top
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x